Estudante de medicina: Confira algumas práticas para se organizar na hora dos estudos!

Quem é estudante de medicina precisa saber organizar a sua rotina para que consiga absorver todo o aprendizado durante a graduação. A seguir, vamos te ajudar com essa tarefa. Confira!

Você superou um grande obstáculo que foi passar no vestibular para dar os primeiros passos em sua formação como médico. Mas a gente sabe como o ritmo da faculdade é acelerado, com muitas matérias teóricas e práticas. Logo, o estudante de medicina precisa se organizar para dar conta de todo o cronograma.

No início, pode parecer que o tempo é muito curto para tanto conteúdo. Mas, aos poucos, e com uma dose de planejamento, disciplina e determinação, você monta uma programação de estudos eficiente para acompanhar as aulas sem sufoco.

Busca saber como é a faculdade de medicina, o perfil do aluno que faz essa graduação e como se organizar na hora dos estudos? Acompanhe o post que elaboramos para você!

Como é a faculdade de medicina?

A graduação de medicina tem duração de 6 anos e é do tipo bacharelado. É um curso superior com um conteúdo programático teórico e prático, sendo que as aulas são integrais, exigindo dedicação total a essa formação.

Assim, o estudante de medicina acompanha matérias em sala de aula, mas também em laboratórios, unidades de saúde, clínicas e ambientes hospitalares.

O objetivo é se familiarizar com a rotina da profissão e com o atendimento em diferentes contextos e perfis de pacientes. A partir dessa experiência, fica mais fácil saber qual área da medicina ele vai seguir.

Nos últimos anos da faculdade, ocorre o internato, que é um aprendizado prático do aluno, visto que ele vai atender em consultas, plantões, ambulatórios e outros ambientes.

Vale acrescentar que, depois dos 6 anos do ensino superior, o médico formado faz ainda a residência, que tem duração de cerca de 2 anos. Dessa forma, ele pode aprender uma especialidade, realizando o atendimento ao paciente em hospitais, sempre com a supervisão de médicos experientes. 

Qual o perfil do aluno de medicina?

Além da preocupação de muitos candidatos de conseguir uma vaga na faculdade, é preciso saber quais as características que o estudante de medicina deve ter. Veja abaixo!

Equilíbrio emocional

O aluno terá muito conteúdo prático, inclusive no atendimento a pacientes, logo vai vivenciar diferentes situações que exigem um equilíbrio emocional. É um trabalho com muita pressão e que, muitas vezes, é preciso tomar decisões rápidas e correr contra o tempo.

Dessa forma, é importante estar preparado para enfrentar cenários difíceis e delicados, afinal essa carreira está associada não apenas com o bem-estar, mas também com o fato de salvar a vida das pessoas.

Em resumo, o aluno precisa ter em mente que o estresse fará parte da rotina e é necessário saber lidar com frustrações.

Cuidado com a própria saúde

A faculdade de medicina exige dedicação integral, com muitas horas de estudo e atividades práticas. Desse modo, é importante ter um estilo de vida saudável para acompanhar a correria do dia a dia. 

A dica é manter uma alimentação equilibrada, tirar um tempinho para atividade física e dormir bem. 

Empatia

A medicina tem como objetivo cuidar dos pacientes, seja como médico de família ou realizando uma cirurgia em hospital. Nesse sentido, é essencial que o aluno seja empático, sabendo se colocar no lugar das pessoas.

O ideal é sempre oferecer um atendimento humanizado, adotando uma postura de acolhimento e com atenção integral ao paciente.

Dedicação aos estudos e pesquisas

É claro que o estudante de medicina precisa gostar de leituras e ter disposição para estudar bastante. Como você viu, o conteúdo programático da faculdade é extenso, exigindo muito esforço e determinação.

Além dos estudos, você pode se dar bem no curso se tiver afinidade com pesquisas científicas, o que, certamente, vai aprimorar seus conhecimentos e até despertar seu interesse para uma área específica da medicina.

Como criar um plano de estudos?

Falamos até aqui da necessidade de o aluno se dedicar às leituras, artigos e textos para aproveitar ao máximo as aulas. Mas como se organizar? Como criar um plano de estudos em medicina? Anote nossas dicas.

Faça um cronograma de estudos

Em uma planilha, coloque todas as suas atividades diárias, inclusive almoço. Depois, verifique os intervalos que você tem para estudar e estipule esses períodos para pegar firme com os textos e livros. 

Desse modo, você consegue organizar melhor a rotina. Aqui vale utilizar, inclusive, o tempo que você fica no transporte público para chegar na faculdade. Nesse período, é possível começar a leitura de um artigo ou fazer uma revisão.

Descubra quais horários você rende mais para estudar

Além de se planejar com o cronograma, um ponto importante é respeitar (se possível) seu relógio biológico. Há quem é mais animado pela manhã e rende melhor nesse período. No entanto, tem gente que consegue estudar melhor à noite.

Ao levar isso em consideração, você pode estipular, por exemplo, que vai estudar uma ou duas horas antes de dormir.

Saiba o que priorizar na hora de estudar

Para não se perder em meio a tanto conteúdo, dê mais tempo para as matérias que tem mais dificuldade ou que serão cobradas na próxima prova. Assim, todos os dias, antes de começar os estudos, faça uma lista dos assuntos que precisa ver por ordem de prioridade.

Não se esqueça das revisões

É interessante também ter um tempo no seu plano de estudos para fazer as revisões, especialmente dos temas que você considera mais difícil. É uma maneira de retomar os assuntos, tornando mais fácil sua compreensão.

Realize pequenas pausas durante os estudos

O recomendado é estudar, mas ninguém é uma máquina, concorda? Então, dentro da sua programação, estipule pequenas pausas, de 15 a 20 minutos, para levantar da cadeira, tomar água ou um chá.

Com isso, você consegue relaxar e tem mais chances de conseguir se concentrar no momento da retomada das leituras.

Ser médico é a carreira dos sonhos de muita gente, no entanto, o estudante de medicina precisa se organizar para cumprir todas as matérias e atividades. Nesse sentido, ter um plano de estudos vai fazer toda a diferença.

O que achou desse artigo? Caso tenha gostado, aproveite para conhecer melhor o método pomodoro e otimizar mais ainda sua rotina de estudos!

Perguntas frequentes

  1. Como saber se você tem perfil de aluno de medicina?

    O aluno de medicina precisa ter disposição para os estudos e para as atividades práticas, além de ter resiliência para lidar com cenários de tensão e flexibilidade diante de diferentes situações.

  2. Qual o perfil de um médico?

    O médico deve gostar de lidar com pessoas, assim precisa ser empático e saber escutar o que o paciente tem a dizer. Além disso, deve agir com inteligência emocional, saber tomar decisões rápidas e se manter sempre atualizado.

  3. O que é ser estudante de medicina?

    É quem está se preparando para cuidar das pessoas e salvar vidas. Assim, é preciso estar preparado para os 6 anos da graduação em período integral e ainda para fazer a residência em uma especialidade depois de formado.

  4. Como se manter sendo estudante de medicina?

    Com o curso integral, o ideal é buscar faculdades que ofereçam bolsas de estudos. O aluno também pode fazer trabalhos na área, como auxiliar com conteúdos de clínicas médicas em redes sociais ou revisar artigos científicos.

  5. O que o estudante de medicina pode fazer?

    No Código de Ética do Estudante de Medicina, do CFM, há normas sobre a relação do aluno de medicina com as instituições de ensino e saúde, com o cadáver, com outros colegas, com a sociedade e com a equipe multiprofissional.

Quer receber mais conteúdos brilhantes como esse de graça?

Inscreva-se para receber nossos conteúdos por email e participe da comunidade