Você sabe o que responder na primeira entrevista de emprego? Descubra como se preparar para este momento!

Saber o que responder na primeira entrevista de emprego pode ser uma tarefa difícil para quem está tentando entrar no mercado de trabalho. A seguir, veja algumas dicas para se sair bem!

Saber o que responder na primeira entrevista de emprego é uma dúvida frequente para os candidatos que buscam uma entrada inédita no mercado de trabalho. E por ser uma etapa importante no processo seletivo, é comum que a ansiedade e a insegurança atrapalhem nesse momento.

Para te ajudar a se preparar, criamos um conteúdo com as principais informações e dicas sobre o assunto, para que você consiga passar por esse processo com mais segurança, aumentando suas chances de contratação. Confira!

Estude antes de fazer a entrevista

O primeiro passo para saber o que falar na primeira entrevista de emprego é estudar sobre a empresa e o cargo disponível, antes de conversar com o recrutador.

Por mais que o tempo para se preparar seja curto, tente separar de 1 a 2 horas do seu dia para avaliar o site ou os perfis sociais da instituição, entendendo melhor o setor de atuação.

Se tiver um pouco mais de tempo, veja quais são os concorrentes do setor e faça uma avaliação entre todas as empresas, para que você possa apresentar algum diferencial e surpreender o entrevistador durante a seleção.

Outra dica é refletir sobre as suas qualidades, competências e até os defeitos, definindo como eles podem ser úteis no cargo desejado e para a expansão da empresa.

Fale ao recrutador sobre o que você pretende fazer caso seja selecionado. Para que tenha mais segurança sobre isso, procure respostas para perguntas desafiadoras, escreva em um papel e vá praticando.

Com esse exercício, você terá mais alternativa durante esse processo e conseguirá definir mais facilmente o que responder na entrevista do primeiro emprego.

Banner para artigo Ebook Curriculo Uninassau 1280 x 340 px | Primeira entrevista de emprego

12 dicas sobre o que falar na primeira entrevista de emprego

É difícil contornar o nervosismo e ter uma resposta pronta e segura, principalmente se nunca tiver feito uma entrevista antes. Por isso, as principais dicas são tentar controlar o seu medo e a ansiedade, ser honesto sobre sua história e deixar claro o seu desejo pela vaga.

Abaixo, reunimos alguns tópicos sobre o que responder na primeira entrevista de emprego, para que você possa treinar em casa.

1. Responda as perguntas do recrutador com segurança

Talvez seja difícil dominar a timidez e o nervosismo durante a primeira entrevista de emprego, e isso é normal. Ao concorrer com candidatos que são mais experientes e já possuem outras qualificações, esse momento pode ser o grande diferencial para se destacar.

Diante disso, seja sincero, respire com calma e olhe para o recrutador durante a sua fala. Além disso, acredite no seu potencial para responder todas as perguntas de forma segura.

2. Fale sobre as suas qualidades

O ideal na hora de falar sobre suas qualidades e competências tanto no âmbito profissional quanto pessoal, é não exagerar. Seja pontual e assertivo sobre o que é necessário que o entrevistador saiba. 

Pense assim: se fosse você, por que contrataria uma pessoa sem nenhuma experiência? O que gostaria de ver ou ouvir se fosse o recrutador?

Fazer esse exercício de se colocar no lugar da empresa contratante é muito importante, sendo uma forma muito eficaz de descobrir o que falar na primeira entrevista de emprego, sem desperdiçar suas palavras.

3. Não fale muito, mas também não fale pouco

A qualidade da fala é mais importante do que a quantidade na hora de responder sua primeira entrevista de emprego.

Não adianta ir para lá e contar toda a sua história de vida, pois não é isso que o recrutador quer saber. Ele ele está mais preocupado em definir como a sua contratação será uma boa adição à empresa.

Portanto, exalte suas qualidades, mas com cuidado! Do mesmo modo, também não pode ser apenas evasivo ou falar muito pouco. Construa uma fala essencial, com segurança e sem exageros.

4. Não tenha medo de falar dos seus defeitos

Talvez essa seja uma parte bem delicada e é comum que recrutadores fiquem interessados em saber quais são os seus defeitos.

Uma vez que você não tenha experiência profissional, vale destacar seu histórico de vida. Pense em alguns defeitos que não sejam tão ruins aos olhos do examinador ou recrutador.

Não fique acanhado, fale honestamente, explique, e também aproveite para falar como lida com esses defeitos e qual sua evolução na busca por melhoria deles.

5. Deixe claro seus objetivos profissionais

Ir a uma entrevista e não deixar claro quais são seus objetivos profissionais e como se vê daqui alguns anos, são falhas comuns e que eliminam diversos candidatos em processos seletivos.

Essas respostas devem estar na ponta da língua para qualquer momento, e mais ainda durante a sua primeira entrevista de emprego.

Caso não tenha muita ou nenhuma experiência, a conversa com o recrutador será o seu diferencial. Então, dê o melhor de si!

6. Fale como você pode contribuir para a empresa

Nessa parte, você precisa destacar as suas possíveis contribuições para a empresa, demonstrando que pode ser um diferencial para alcançar os objetivos do negócio.

A sua vontade de contribuir para seu crescimento deve ser apresentada de forma detalhada durante sua primeira entrevista de emprego.

Por isso, estude a empresa para qual você está se candidatando e busque compreender quais pontos são possíveis melhorar, por meio da sua atuação no setor que será designado.

7. Descreva as suas experiências

As suas experiências profissionais precisam estar compatíveis com a vaga, por isso, certifique-se que você tem um repertório interessante para a empresa.

Por se tratar do primeiro emprego, talvez você não tenha experiência profissional suficiente, mas nada impede de você adicionar atuações em estágios ou trabalhos voluntários.

Além disso, atividades como freelancer também podem ser mencionadas. O ideal é você mostrar que realmente consegue dar conta das demandas que a vaga exige.

8. Exemplifique suas habilidades operacionais

As suas habilidades operacionais demonstram aquilo que você consegue fazer no sentido mais prático. Elas devem estar alinhadas com os quesitos da vaga a qual está se candidatando.

Em outras palavras, dê exemplos das suas habilidades aplicadas ao contexto do trabalho, com foco em responder como elas foram úteis para alguma atividade ou para solucionar um problema.

9. Evite o uso de gírias

Apesar de se tratar da primeira entrevista de emprego, a ocasião inspira formalidade, ou seja, nada de usar gírias ou vícios de linguagem em excesso na hora de falar.

O seu recrutador também irá avaliar sua habilidade de argumentação, a fim de entender como você articula suas ideias e expressa as suas opiniões.

Portanto, seja educado e formal, fale de forma simples, mas sem utilizar gírias. O ideal é que você consiga expressar bem as suas ideias para transmitir uma boa comunicação.

10. Mantenha o tom de voz firme

Na hora de falar na sua primeira entrevista de emprego, certifique-se de manter um tom de voz firme, de uma forma que você consiga ser entendido com clareza.

Porém, isso não quer dizer que você deve falar alto demais, por exemplo. Isso pode causar uma impressão ruim, com o risco de transmitir um sentimento de raiva ou até mesmo falta de inteligência emocional.

Também não fale muito baixo. Caso você responda de uma forma que não seja possível te escutar bem, o recrutador terá que refazer a pergunta ou pedir para você elevar o tom de voz.

Isso pode quebrar a fluidez da entrevista, além de causar uma impressão de insegurança.

O ideal é que você mantenha o equilíbrio da voz, de modo firme. Uma boa dica, é utilizar o mesmo tom que o seu recrutador, passando mais segurança e facilitando a comunicação.

11. Espere sua vez para falar

Na hora de participar da sua primeira entrevista de emprego, nada de sair atropelando as palavras do seu entrevistador ou interrompê-lo, pois isso pode gerar um desconforto muito grande para ambas as partes.

Espere a sua vez para falar! Deixe o recrutador fazer as perguntas e passar a palavra para você. É nesse momento que ele irá avaliar sua capacidade de concentração e atenção às perguntas.

12. Fale dos valores da empresa

Por fim, tente incorporar os valores da empresa ao seu discurso, explicando como eles se complementam com o seu perfil profissional.

Isso é algo positivo na hora da avaliação, pois o recrutador vai perceber que você está bastante interessado pela vaga, a ponto de querer saber mais sobre a cultura organizacional do negócio.

Perguntas de entrevista de emprego para você treinar

Saber o que falar na primeira entrevista de emprego não é tarefa fácil. No entanto, isso não precisa ser algo impossível ou desafiador a ponto de você não conseguir formular respostas.

Pensando nisso, reunimos algumas perguntas de emprego e dicas para responder cada uma delas. Confira:

Fale um pouco sobre você

Apesar de não ser uma pergunta direta, consiste na parte mais importante da entrevista, pois é o momento em que você deve se apresentar e contar um pouco sobre si mesmo.

O recrutador irá avaliar como você faz o cruzamento das suas informações pessoais com as suas experiências e habilidades.

Dessa forma, o foco deve ser direcionado na sua trajetória profissional. Pense em como você construiu as suas habilidades e adquiriu suas experiências, apresentando-as em sequência.

A dica aqui é que você fale como uma espécie de jornada, situando desde o começo até o momento em que você se encontra.

O que você sabe sobre a empresa?

Essa pergunta visa identificar se você realmente está interessado pela vaga a ponto de se dedicar para conhecer um pouco mais da história do negócio e os valores da sua cultura. Portanto, pesquise mais sobre a empresa e o setor em que vai atuar.

Dessa forma, você conseguirá formular uma resposta concreta, que demonstra o seu interesse e a sua vontade de fazer parte da equipe.

Por que devemos contratar você?

Nessa etapa, o recrutador quer saber se você tem uma boa razão para ser contratado, sendo uma das perguntas mais difíceis, e que tende a desclassificar os candidatos que não a respondem de forma convincente.

Responda com base nas suas habilidades e experiências, mas com foco no que a vaga está precisando.

Anote os elementos das atividades que a vaga exige e demonstre que você está preparado para resolver os problemas inerentes, se mostrado apto a assumir o cargo.

Quais seus pontos fracos?

Essa pergunta também é considerada uma das armadilhas do RH para detectar candidatos que não possuem senso de desenvolvimento pessoal e autocrítica.

O recrutador, na análise comportamental, não quer realmente saber quais são esses pontos, mas sim o que você está fazendo para melhorá-los.

Por exemplo: ao apresentar um ponto fraco, é preciso deixar claro o que você tem feito para evoluir nesse aspecto e como essa evolução pode trazer benefícios para o cargo ocupado.

Quais seus pontos fortes?

Nessa etapa, é recomendado relacionar os pontos fortes às suas habilidades profissionais. Isso permite que você contextualize suas habilidades e competências com a vaga a qual está se candidatando.

Portanto, avalie bem as habilidades que você deseja destacar e se certifique que elas são úteis para desenvolver seu trabalho de maneira eficiente e dentro das propostas da área de atuação.

Onde você se vê daqui a 5 anos?

Essa pergunta é feita para identificar a perspectiva futura do candidato e se uma relação de longo prazo com a empresa está incluída nos seus planos, mesmo que essa seja sua primeira entrevista de emprego.

Portanto, mostre quais são suas expectativas, com foco no desenvolvimento profissional e plano de carreira, e deixe claro o quanto você deseja contribuir e contar com a empresa para auxiliar nesse processo de crescimento.

Como você trabalha sob pressão?

Essa pergunta pode ser difícil de responder para a maioria dos candidatos que estão tendo um contato inicial com o mercado de trabalho.

No entanto, não precisa se preocupar! Pense em alguma atividade que exigiu muita paciência e quais medidas você tomou para solucionar o problema.

Dessa forma, você consegue evidenciar que a pressão não é um obstáculo para impedir você de concluir a atividade profissional em tempo hábil.

Você está se candidatando para outras vagas?

Muitas pessoas pensam que a empresa julgará mal se o candidato disser que está se candidatando a outras vagas de emprego, mas isso não é verdade. Em muitos casos, o recrutador quer saber como anda a concorrência sobre você e se as propostas são semelhantes.

Caso tenha se candidatado para outras vagas parecidas, seja sincero e diga que, por ser sua tentativa de entrada no mercado de trabalho, você precisa adquirir a experiência necessária nos processos seletivos.

Agora que você já sabe o que falar na sua primeira entrevista de emprego, analise bem as dicas que passamos e estude o máximo possível. Assim, você terá menos dificuldades em passar por essa etapa, transmitindo mais confiança e segurança ao recrutador.

Gostou de saber o que responder na primeira entrevista de emprego? Então, entre em nossas redes sociais no Facebook e Instagram e acompanhe diversas outras dicas que postamos frequentemente!

Perguntas frequentes

  1. O que responder quando não tem experiência na área?

    Considere questões da sua vida estudantil e como elas contribuíram para moldar o desenvolvimento das suas habilidades. Além disso, integre questões pessoais que sejam relevantes para comprovar o seu esforço e interesse em aprender.

  2. O que responder na entrevista sobre o que gosta de fazer? 

    É possível citar atividades que você faz por diversão, mas o ideal é trazer coisas que estimulem o intelecto, como leitura e escrita. Caso você seja adepto de projetos sociais, pode apresentar isso como sua vontade em ajudar as pessoas ao seu redor.

  3. Como eu posso me descrever? 

    Faça um resumo das suas habilidades profissionais e experiências, sempre tentando articular com os requisitos da vaga de emprego. É essencial que você fale da sua vontade de contribuir para empresa e o seu desejo de aprender com outros profissionais.

  4. Posso fazer perguntas na entrevista?  

    Sim. Certifique-se apenas de não interromper o recrutador para isso. Em todo caso, o próprio entrevistador pode perguntar se você tem alguma dúvida ou quer questionar algo antes da entrevista começar e durante o processo.

  5. Preciso usar roupa social na primeira entrevista?  

    Não. Mas considere vestir-se de maneira adequada para a entrevista de emprego. Ou seja, nada de utilizar trajes que não são condizentes com o ambiente corporativo, tendo em vista a necessidade de demonstrar seriedade para a ocasião.

Quer receber mais conteúdos brilhantes como esse de graça?

Inscreva-se para receber nossos conteúdos por email e participe da comunidade