Áreas da Medicina: Conheça e escolha a opção certa para você!

Conheça algumas das mais importantes áreas da medicina, quais os salários aplicados e como escolher uma para atuar!

As áreas da medicina são vistas como oportunidades incríveis para os médicos que buscam se especializar e aprofundar os conhecimentos. 

Caso você já tenha passado pelos 6 longos anos da graduação e agora pretende tornar-se especialista em determinada área, fique conosco! 

Neste artigo, além de listarmos as principais áreas da medicina, trouxemos dicas essenciais para você fazer sua escolha com convicção. Ficou interessado? Então, confira agora mesmo.! Boa leitura! 

Conheça algumas áreas da Medicina!

De modo geral, considerando a importância da medicina no âmbito da saúde, os campos de atuação e especializações são bastante extensos. 

Pensando nisso, listamos algumas áreas da medicina que podem ser interessantes para você conhecer melhor. Veja agora mesmo: 

  • Cardiologia; 
  • Infectologia; 
  • Ortopedia; 
  • Pediatria; 
  • Psiquiatria; 
  • Pneumologia; 
  • Oncologia. 

Vale destacar que as outras áreas também são importantes para medicina, tendo em vista a gama de funcionalidades que são oferecidas durante os atendimentos aos pacientes.  

Por isso, você pode conferir todas as áreas diretamente pelo Conselho Federal de Medicina (CFM). 

Quais as áreas da Medicina mais comuns?

Quando falamos sobre as principais áreas da medicina, vale destacar que todas são essenciais no mesmo nível, devido à sua importância para a saúde. 

Porém, a lista a seguir abrange as áreas mais comuns em termos de oportunidades e crescimento no mercado de trabalho. Confira: 

  • Alergologia 
  • Clínica médica; 
  • Dermatologia; 
  • Endoscopia; 
  • Geriatria; 
  • Ginecologia; 
  • Hematologia; 
  • Nefrologia; 
  • Neurologia; 
  • Reumatologia; 
  • Urologia. 

Sugerimos que entre essas áreas, você leve em conta a mais compatível para o seu desenvolvimento profissional e especialização em medicina. 

Ranking com os 12 maiores salários da medicina

Quem estuda para medicina saber que essa é uma área que também se identifica pelos altos salários, incluindo os de médicos especialistas, sendo considerada um dos melhores setores para quem pretende ganhar bem e alcançar sucesso.  

Vale destacar que o salário pode variar por região, experiência, tempo de formação e especialidade, e o período trabalhando, podendo aumentar mais a renda com os plantões e horas extras.  

Sendo assim, montamos, a seguir, um ranking com os 12 maiores salários da medicina. Confira agora mesmo; 

  1. Neurocirurgião: R$30 mil;  
  1. Cirurgião Plástico – R$18.564; 
  1. Cirurgião Geral – R$15.975;
  1. Ortopedista – R$ 14.353;
  1. Médico Auditor Sênior – R$ 9.909;
  1. Médico Anestesista – R$ 9.849;
  1. Dermatologista – R$ 9.058;
  1. Médico radiologista – R$ 8.572,24;
  1. Oftalmologista – R$ 8.035,75;
  1. Otorrinolaringologista – R$ 7.975,02;
  1. Obstetra – R$ 7.845,54;
  1. Proctologista – R$ 7.845,54.

8 dicas para você descobrir qual área da medicina atuar! 

Na hora de escolher em qual área atuar, é essencial que você fique por dentro de todas as particularidades que envolvem a especialização. 

A seguir, listamos 8 dicas para você tomar a decisão que faça mais sentido para as suas aptidões. Confira:

  1. Identifique suas habilidades

    Identificar suas habilidades permite que você entenda quais são as aptidões que determinada área exige. 

    Além disso, é possível que você incorpore elementos da própria área para evoluir as suas competências.  

    Por isso, ter esse panorama facilita para que você tome sua decisão em alinhamento com as suas habilidades.

  2. Conheça os recursos tecnológicos da área 

    É normal que as áreas da medicina estejam fundamentadas em tecnologias específicas para a execução prática dos procedimentos. 

    Com isso, você precisa entender quais recursos tecnológicos estão envolvidos para atuação funcional na área que escolher. 

    Aliás, será possível dominar essa tecnologia com mais facilidade, caso você já tenha uma noção básica do que se trata. 

  3. Analise o plano de carreira 

    Todas as áreas da medicina possuem um plano de carreira estabelecido e padronizado, podendo variar um pouco, dependendo do hospital ou clínica. 

    Dessa forma, é essencial que você faça uma análise do plano de carreira, até mesmo para saber se está condizente com os seus objetivos. 

    Nesse caso, vale traçar uma projeção futura de como você se imagina daqui a 10 anos, por exemplo, considerando sua trajetória pela especialização. 

  4. Estude o mercado de trabalho 

    Analisar a importância da área para o mercado de trabalho e quais são as oportunidades envolvidas permitem que você entenda melhor a atual situação da especialização que pretende seguir. 

    Assim, é possível que você consiga se situar no mercado de trabalho de uma forma mais estratégica com base no conhecimento sobre essa área. 

  5. Entenda a rotina da especialização

    Tendo em vista que isso será algo que você vai lidar no dia a dia, certifique-se de compreender como é a rotina da especialização. 

    Para isso, vale a pena conversar com profissionais que já atuam em determinada área, principalmente se você quer aprofundar seus conhecimentos relacionados a especialização que você almeja fazer.

  6. Pontue seus objetivos

    Ao pontuar os seus objetivos de forma clara, é possível ter uma visão abrangente do que você pretende realizar na área. 

    Seja para contribuir com a saúde ou atingir as suas realizações pessoais, os objetivos irão definir como você pode atuar na especialização. 

    Isso garante que você tenha uma ideia clara do que quer fazer e onde realmente quer chegar!

  7. Analise a concorrência 

    No momento em que estiver se decidindo sobre qual área da medicina atuar, analise os aspectos relacionados à concorrência. 

    Busque entender, no ponto de vista das oportunidades, como as áreas estão competindo entre si e quais são as variáveis que surgem nesse contexto. 

    Dessa forma, você conseguirá ter uma noção das áreas concorrentes e pode se preparar melhor nos processos seletivos. 

  8. Considere o que você gosta de fazer 

    Trabalhar com aquilo que você gosta pode te impulsionar para satisfação profissional e sucesso na carreira. 

    Portanto, na hora de escolher a sua especialização, pense em algo que você realmente gostaria de fazer.

    Dessa forma, torna-se mais fácil para que você consiga escolher algo que vai preencher as suas expectativas.

 

Como você pôde ver, as áreas da medicina, apesar de serem extensas, são essenciais no que diz respeito a especialização e desenvolvimento profissional. Portanto, tome sua decisão de acordo com as nossas dicas!  

Gostou desse conteúdo? Então, aproveite para conhecer os cursos da Uninassau Digital e faça a sua matrícula agora mesmo! 

Perguntas frequentes

  1. Quais autoridades responsáveis pelo reconhecimento e registro das especialidades médicas? 

    As autoridades responsáveis são duas: o Conselho Regional de Medicina (CRM) e o Registro de Qualificação de Especialista (RQE), concedido aos médicos que concluíram residência médica e títulos de especialistas. 

  2. Qual a melhor área da medicina?

    Apesar da melhor área ser algo bem subjetivo e que depende do ponto de vista do profissional, em termos de reconhecimento, a neurocirurgia é um grande destaque no mercado nacional, incluindo a alta renumeração nesse ramo. 

  3. Qual área da medicina é considerada a mais difícil? 

    A neurocirurgia é considerada a área mais difícil justamente por lidar com partes sensíveis do corpo humano, que abrangem desde o sistema nervoso central e periférico, até as lesões medulares e cranioencefálicas.

  4. Quanto ganha um médico por cirurgia? 

    O salário pode variar dependendo das condições do hospital e do nível de gravidade da cirurgia. No entanto, a média para esses tipos de procedimentos realizados por um cirurgião especializado é cerca de R$ 16 mil.

  5. Qual tipo de cirurgião ganha mais? 

    Devido à alta complexidade que envolve os procedimentos relacionados ao sistema nervoso do corpo humano, o neurocirurgião é o que recebe melhor, tendo um salário que varia entre R$ 30 mil e R$ 35 mil.

  6. Qual área da Medicina que não faz cirurgia? 

    A Clínica Médica é uma área que não faz cirurgia, pois tem o foco apenas no diagnóstico e no tratamento de doenças de adultos ou o encaminhamento para outras especialidades.

Quer receber mais conteúdos brilhantes como esse de graça?

Inscreva-se para receber nossos conteúdos por email e participe da comunidade