Confira 11 dicas para fazer currículo para primeiro emprego!

Veja como elaborar um currículo para primeiro emprego, incluindo dicas importantes mesmo que você ainda não tenha experiências no mercado de trabalho. Confira!

Provavelmente, você está querendo fazer um currículo para primeiro emprego, mas tem algumas dúvidas sobre a melhor maneira de elaborar esse documento e chamar a atenção dos recrutadores, certo?

Não ter habilidades relevantes para o trabalho ou alguma experiência formal não impede que você elabore um currículo convincente para o primeiro emprego.  

Seja você um estudante do ensino médio ou universitário, quer saber como fazer um currículo mesmo sem experiência no mercado? Nós temos 11 dicas para oferecer. Vamos a elas?

1. Inclua uma declaração resumida

A declaração resumida consiste no pequeno trecho que sintetiza suas informações profissionais e que geralmente aparece no topo do currículo. 

Por outro lado, vale destacar que esse resumo não é obrigatório, e o candidato pode iniciar a apresentação dos tópicos profissionais normalmente. 

No entanto, uma declaração de resumo de currículo resume quem você é profissionalmente no topo da página em uma frase ou duas e serve como a primeira impressão que você dá a um recrutador para despertar interesse. 

Nesse sentido, caso tenha o intuito de causar uma boa primeira impressão ou chamar atenção logo nas primeiras linhas do seu currículo, considere adicionar uma declaração resumida de forma estratégica. 

2. Decida o formato do currículo para primeiro emprego

Existem alguns modelos de currículo dominantes em uso hoje: cronológico, funcional e híbrido, que é uma combinação dos dois.  

Um formato de currículo cronológico lista a experiência de trabalho de um candidato em ordem cronológica inversa.  

Um formato de currículo funcional se concentra em destacar as habilidades e conquistas do candidato, em vez da experiência de trabalho.  

Embora o formato de currículo funcional possa ser uma opção atraente para candidatos a emprego com pouca experiência, o currículo cronológico ou híbrido são mais personalizados, logo, acabam sendo aceitos com mais facilidade pelos recrutadores

Qualquer que seja o formato de currículo que você decida usar, certifique-se de que seu layout permaneça consistente em todo o currículo de trabalho. 

3. Preste atenção aos detalhes técnicos

Ao editar seu currículo para primeiro emprego, certifique-se de que não haja erros de pontuação, gramaticais, ortográficos ou outros que farão com que seu currículo pareça pouco profissional.  

Em seguida, peça a um amigo ou membro da família que o leia novamente para detectar quaisquer erros que você possa ter perdido. 

Você não pode se dar ao luxo de um erro de digitação ou uma palavra faltando como candidato sem experiência anterior de trabalho.  

Além disso, certifique-se de variar sua linguagem e utilizar verbos de ação em todo o seu currículo para manter seu leitor envolvido. 

4. Faça um balanço de suas realizações e atividades

Faça uma lista de absolutamente tudo que você fez que pode ser útil em um currículo. A partir dela, você precisará restringir o que realmente incluir em seu currículo.  

Coisas distintas podem ser relevantes para diferentes empregos aos quais você se candidata, portanto, mantenha uma lista completa e escolha as coisas mais relevantes para incluir em seu currículo ao enviá-lo. 

5. Concentre-se em sua educação e habilidades

Em vez de uma seção de experiência de trabalho, é melhor expandir e focar em um tópico de educação em seu currículo para destacar as habilidades que você desenvolveu.  

O que você pode fazer bem que este trabalho exige? O que será útil para a empresa contratante? O que você fez na escola e o que estudou que o preparou para assumir esse emprego?  

Isso geralmente é um pouco mais fácil se você for um graduado da faculdade com educação especializada, mas mesmo um estudante do ensino médio pode falar sobre cursos livres de curta duração. 

Isso além de destacar o que eles fazem de importante na sala de aula ainda agrega valor na hora de fazer currículo para primeiro emprego. 

6. Foque nos estágios para adquirir experiência inicial

Conseguir participação nos programas de Jovem Aprendiz, estágios universitários remunerados e não remunerados é uma das melhores armas que você tem contra a “experiência necessária”.  

Eles não apenas oferecem alguma experiência de trabalho no mundo real, mas também permitem que você se conecte e faça conexões que podem colocá-lo em um emprego mais tarde.  

Ao se candidatar a um emprego sem experiência, certifique-se de listar todos os estágios que você completou. Se você ainda não teve um, considere se inscrever como um passo antes de um trabalho de nível integral. 

7. Inclua atividades extracurriculares ou trabalho voluntário

De modo geral, muitas empresas levam em consideração a experiência de voluntariado listada juntamente com a experiência de trabalho remunerado.  

Portanto, qualquer trabalho voluntário que destaque seus talentos ou onde você aprendeu uma nova habilidade deve ser colocado em seu currículo.  

Inclua atividades extracurriculares e hobbies apenas se forem relevantes para o cargo e fornecer habilidades transferíveis que sejam úteis à função. 

8. Evite incluir elementos desnecessários

Embora existam muitos elementos que você deve adicionar ao seu currículo, há algumas coisas que você tem que evitar porque muitas informações desperdiçam espaço e não dizem ao empregador nada relevante.  

Esta lista inclui amostras de textos que trazem informações em excesso ou fotos suas. Não adicione esses tópicos ao seu currículo, a menos que um empregador ou recrutador peça que você as forneça.  

Além disso, verifique se você não está usando um endereço de e-mail com adjetivos no seu nome. Isso pode ter soado ótimo quando você era mais jovem, mas não é a mensagem certa para enviar a possíveis empregadores.  

É fácil criar um endereço de e-mail gratuito com aparência profissional para suas atividades de busca de emprego com plataformas como o Gmail. 

9. Adicione palavras-chave estratégica

De modo geral, existem muitas empresas que adotam o sistema de rastreamento de candidatos (ATS) para digitalizar e classificar currículos.  

A tecnologia facilita demais esses processos, por isso, essa é a realidade das contratações modernas. Nesse sentido, o ideal é que você crie e inclua uma lista de palavras-chave em seu currículo ao se candidatar a qualquer emprego.  

As palavras-chave consistem em termos estratégicos que combinam com a profissão e o cargo no qual você está se candidatando. Dessa forma, você precisa ficar atento aos requisitos das oportunidades profissionais. 

O melhor lugar para encontrar essas palavras-chave é no próprio anúncio de emprego ou em anúncios de vagas semelhantes.  

Uma ressalva: não use “palavras-chave” genéricas como “empreendedor”, ” líder de equipe” e “orientado a detalhes”.  

Infelizmente, às vezes essas palavras-chave podem causar uma má impressão na hora de ter seu currículo avaliado.  

Portanto, preste muita atenção na hora de elencar as palavras-chave e certifique-se que ela está sendo distribuída de forma estratégica. 

10. Adicione uma carta de apresentação

Mesmo que não seja necessário, geralmente é uma boa ideia enviar uma breve carta de apresentação junto com seu currículo.  

Elas são o texto no qual sua personalidade aparece, e você precisa usá-las para explicar por que você é o candidato perfeito para esse trabalho.  

Uma carta de apresentação de destaque pode convencer um empregador a trazê-lo para uma entrevista, mesmo que seu currículo em si não tenha todas as coisas que ele gostaria de ver. 

11. Personalize seu currículo para cada trabalho que você se candidatar

A última e mais importante coisa a ser lembrada ao criar um bom currículo é personalizá-lo para cada trabalho ao qual você se candidata.  

Diferentes anúncios de emprego terão diversas palavras-chave, outros requisitos de trabalho listados e assim por diante.  

Apelar às necessidades de cada empregador e aos tópicos que o trabalho exige é a melhor estratégia para fazer com que sua inscrição seja notada e, com sorte, conseguir seu primeiro emprego. 

No final das contas, não existe uma fórmula mágica na hora de fazer um, pois o único currículo perfeito é aquele que lhe dá o emprego.  

Esteja preparado para ajustar e atualizar seu currículo, mesmo quando estiver confortavelmente empregado.  

Utilize um formato de currículo híbrido e concentre-se em suas habilidades e educação quando não tiver nenhuma experiência de trabalho para mostrar.  

Agora que você já sabe como fazer um currículo para primeiro emprego, compartilhe esse artigo com seus amigos nas redes sociais! 

Baixe nosso material: Guia definitivo para montar um currículo perfeito!

Banner para artigo Ebook Curriculo Uninassau 1280 x 340 px 3 | curriculo para primeiro emprego

Quer receber mais conteúdos brilhantes como esse de graça?

Inscreva-se para receber nossos conteúdos por email e participe da comunidade