Como voltar a estudar depois de muito tempo

Por meio das nossas dicas exclusivas, tire todas as suas dúvidas para voltar a estudar mesmo depois de muito tempo. Confira!

Quando pensamos em voltar a estudar, existe muitas razões pelas quais um longo período pode ter passado desde a última vez que você estudou.  

Dentre as diversas possibilidades, talvez a sua vida após o ensino médio tenha se transformado em alguns anos de folga ou preparação para algum concurso.  

Talvez você esteja ocupado começando uma família e cuidando das crianças.  

Além disso, pode ser que você esteja trabalhando em uma carreira há algum tempo e agora quer aprimorar suas habilidades ou se especializar na área. 

Seja qual for o motivo, retomar os estudos depois de uma longa pausa pode parecer um grande desafio. 

Felizmente, trazemos boas notícias: voltar a estudar realmente não é muito desafiador, e com o suporte certo e um bom planejamento, você poderá voltar à vida estudantil com facilidade.  

Ficou interessado? Então, confira agora mesmo. Boa leitura! 

5 dicas para voltar a estudar depois de anos parado

Se você está se sentindo um pouco nervoso em colocar seu cérebro de volta no modo de estudo, isso é normal.  

Pode demorar um pouco para se acostumar a essa ideia, mas as dicas a seguir ajudarão você a recuperar o ritmo rapidamente: 

Crie um plano de estudos

Muitas pessoas possuem rotinas agitadas, por isso a vida pode ser ocupada. Entre trabalho, lazer, compromissos familiares e cuidar de si, não é de surpreender que a ideia de voltar a estudar pareça desafiadora. 

A gestão do tempo pode ser um desafio. Além de suas aulas, você provavelmente tem outros compromissos, como atividades extracurriculares, trabalho e compromissos sociais.  

A criação de um plano de estudo é essencial para absorver as informações dos conteúdos que estão sendo estudados, incluindo a fixação das atividades. 

Um plano sólido, cronograma ou rotina de estudos irá ajudá-lo a gerenciar tudo de forma eficaz e reduzir qualquer estresse potencial no processo.  

É importante entender que não existe uma maneira “certa” de fazer um plano de estudos. Seu plano de estudo será personalizado com base em suas necessidades específicas, aulas e estilo de aprendizado. 

Planeje qual matéria você estudará em qual dia, para garantir que você esteja dedicando tempo suficiente a cada disciplina. 

Anote, imprima e cole na parede ou guarde uma foto do seu plano de estudos no seu telefone, para que possa ficar por dentro de tudo de uma forma simples e prática. A ideia é manter o planejamento sempre ao seu alcance. 

Além disso, seja realista e tente dar uma pequena margem de manobra para quando as coisas não saírem exatamente como o planejado.  

Não se esqueça de deixar tempo para si mesmo e muito descanso. Lembre-se: voltar a estudar exige um processo de adaptação, sendo absolutamente normal você começar devagar. 

Portanto, não tenha pressa e vá recuperando seu ritmo aos poucos. 

Banner para artigo Ebook Cronograma Uninassau 1280 x 340 px | Como voltar a estudar

Seja organizado

Saber coisas como quando as avaliações estão chegando, o que você precisa fazer por elas e garantir que você tenha os materiais certos ​​fazem parte da organização para voltar a estudar depois de anos parado 

Confira as informações do seu curso e coloque suas datas e prazos importantes no calendário e acompanhe tudo o que precisa ser feito, sempre planejando com antecedência.  

Muitas vezes acabamos bagunçando nossas mesas com toda a papelada em uma bagunça infinita, o que acaba atrapalhando a produtividade. 

A organização no local de estudos contribui para a organização mental, o que é fundamental para que você consiga estudar com mais concentração. 

Compre e nomeie pastas diferentes para temas diferentes e tente manter os arquivos em seu computador o mais organizados possível.  

Tudo está em seu lugar, em pastas diferentes, tudo dando a você controle e acesso mais fácil a informações importantes. 

Tente limpar com frequência o seu ambiente de estudos. Por exemplo, evite pilhas de papéis ou livros amontoados em sua mesa: você pode reservar pelo menos um dia da semana para limpar o local.  

Tente dividir as tarefas de acordo com diferentes períodos do dia. Por exemplo, se você é mais produtivo pela manhã, tente alocar as atividades mais extenuantes para esse horário e guarde as mais fáceis para mais tarde.  

O primeiro passo é encontrar um bom lugar para estudar. De preferência um lugar tranquilo onde você se sinta confortável, mas não tão confortável quanto dormir (evite estudar na cama). 

Dessa forma, um pouco de organização ajuda muito quando se trata de criar uma vida de estudo equilibrada. 

Monte um espaço de estudo

De modo geral, voltar a estudar requer muito cuidado para aprender de forma eficaz. Envolve planejar, focar e até mesmo escolher o método de estudo que mais combina com você.  

Mas o melhor lugar para começar é ter um ambiente de estudo que seja tranquilo, confortável e encoraje você a aprender mais. Aliás, é nesse local que você vai passar boa parte do seu tempo.  

Certifique-se de encontrar um espaço onde você pode se concentrar. Além de ser um ótimo lugar para passar algumas horas nele, também seja possível você guardar seus materiais de estudo.  

Aliás, preze pelo conforto, claro, porque um lugar que não proporciona isso pode atrapalhar bastante a sua progressão nos estudos 

Alcançar envolvimento com os materiais do curso e se concentrar em seus estudos geralmente é mais fácil quando você está no ambiente certo.  

Isso significa que, para a maioria das pessoas, é importante minimizar as distrações.  

Procure uma área com boa luz natural e certifique-se de ter tudo o que precisa ao seu alcance: um notebook, caneta, carregadores e pontos de energia acessíveis. Uma cadeira confortável também é essencial! 

Seu espaço de estudo pode mudar de tempos em tempos; talvez numa biblioteca, alguma sala da empresa ou até mesmo na casa de um amigo.  

Trata-se de encontrar um espaço que funcione para você maximizar sua capacidade de se concentrar e aprender de forma eficaz. 

Defina expectativas realistas

Não há nada de errado em cobrar muito de si mesmo quando voltar a estudar, na verdade, esse impulso pode realmente ajudá-lo a alcançar seus objetivos. É importante, no entanto, manter seus objetivos realistas e alcançáveis. 

Nesse sentido, é natural querer se empenhar ao máximo, mas colocar quantidades desnecessárias de pressão sobre si mesmo pode ser contraditório para a sua produtividade.  

Dessa forma, o sentimento de frustração ocorre quando esperamos ou desejamos tanto algo que, em última análise, nossas expectativas não são cumpridas na realidade.  

Lidar com esse sentimento de “fracasso” pode ser muito difícil e pode levar a uma série de consequências negativas. 

Para evitar que isso aconteça, é ideal estar preparado para diferentes resultados que podem ser previstos de maneira consciente.  

De modo geral, sempre teremos expectativas, mas podemos aproximá-las da realidade.  

Esses sentimentos negativos são inevitáveis ​​quando as coisas não saem conforme o planejado, por isso muitas pessoas se culpam ou acabam cobrando demais de si ainda que o momento não seja o mais propício. 

Dessa forma, seja gentil consigo mesmo e permita um determinado tempo para voltar ao ritmo das coisas a fim de manter a calma e continuar os estudos. 

Nessa fase inicial, tente se julgar não pelos seus resultados, mas pela quantidade de esforço que você está colocando. 

Foque no seu objetivo

Agora que você assumiu a responsabilidade de voltar a estudar, é provável que essa qualificação o ajude a chegar aonde deseja.  

Por outro lado, manter o foco muitas vezes não é uma tarefa fácil. A falta de concentração afeta as mais diversas áreas de nossas vidas.  

Sem foco, começamos a perder o controle de nossas tarefas diárias, que são atrasadas e sempre deixadas para depois.  

Nesse sentido, essa perda de controle pode eventualmente se transferir para áreas maiores que podem prejudicar a sua produtividade. 

Quando dizemos que você precisa se concentrar, significa que você precisa se mover em direção a um objetivo e se organizar e ter um bom plano para entender o que é preciso para alcançar o que deseja.  

Dessa forma, isso significa que não adianta definir metas claras se você não tiver o menor desejo de alcançá-las. 

Nesse viés, caso você comece a se sentir sobrecarregado ou estressado, você deve se concentrar nos seus objetivos, pensando no impacto que esse esforço inicial terá para o seu futuro! 

 

Gostou das nossas dicas para voltar a estudar? Aproveite e compartilhe com seus amigos agora mesmo!

Quer receber mais conteúdos brilhantes como esse de graça?

Inscreva-se para receber nossos conteúdos por email e participe da comunidade