O que é deep learning? Aprenda sobre este conceito, suas vantagens e os cenários em que ele é aplicado!

O deep learning é um conceito que está presente em nosso dia a dia, auxiliando diretamente na evolução tecnológica. A seguir, veja o que é e como ele contribui para esse desenvolvimento!

Imagine um algoritmo que possa analisar imagens e reconhecer objetos, rostos e cenas com uma precisão surpreendente. Ou um sistema de processamento de linguagem natural que compreenda e responda às suas perguntas de maneira quase humana.

Tudo isso é possível graças ao deep learning, uma subárea da inteligência artificial que utiliza redes neurais artificiais para realizar tarefas complexas. Inspirado no cérebro humano, este campo da computação pode aprender automaticamente a partir de dados brutos.

Quer saber mais sobre como essas redes neurais revolucionárias aprendem e superam desafios incríveis? Continue lendo este artigo e mergulhe no fascinante universo do deep learning!

O que é deep learning?

Deep learning (aprendizado profundo, em português) é uma subárea da inteligência artificial que utiliza redes neurais para aprender a partir de dados brutos e realizar tarefas complexas.

Neste campo, as redes são compostas por várias camadas, permitindo que o algoritmo aprenda representações de alto nível dos dados à medida que passa por elas.

O deep learning possibilita o processamento de informações de forma mais eficiente. Além disso, otimiza a resolução de problemas desafiadores, como reconhecimento de padrões, processamento de linguagem natural e visão computacional.

graduacao digital | deep learning

Como funciona essa técnica de aprendizado profundo?

Como dito, o deep learning funciona por meio de redes neurais artificiais compostas por várias camadas. Elas são chamadas de input layer (camada de entrada), hidden layer (camada escondida) e output layer (camada de saída).

Cada uma delas processa os dados de entrada e extrai características relevantes antes de passá-las para a próxima. Assim, essas redes são treinadas em grandes conjuntos de dados, ajustando os pesos das conexões entre os neurônios para aprender representações complexas dos dados.

Por que o deep learning é tão importante?

O deep learning revolucionou a capacidade da inteligência artificial em realizar tarefas complexas de forma mais precisa e eficiente.

Por meio de suas redes neurais profundas, pode aprender representações de alto nível dos dados, permitindo que os algoritmos automatizem tarefas que antes exigiam uma programação manual intensa.

Conheça os principais benefícios do deep learning

O deep learning traz inúmeros benefícios, em diversas áreas. Abaixo vamos listar algumas destas vantagens, importantes para o avanço tecnológico constante da sociedade atual.

Utilização de dados não estruturados

O deep learning lida eficientemente com dados não estruturados, como imagens, áudio e texto. Dessa forma, revela insights valiosos e padrões ocultos em grandes volumes de informações.

Alta qualidade nos resultados

Com redes neurais profundas é possível realizar tarefas com precisão excepcional. Isso proporciona resultados de qualidade superior em áreas como reconhecimento de imagens, tradução automática e diagnóstico médico.

Redução de custos e agilidade

A automação de tarefas complexas reduz custos operacionais, enquanto a capacidade de processamento rápido e decisões ágeis impulsiona a eficiência e a produtividade dos processos empresariais.

Personalização e recomendações precisas

O deep learning capacita sistemas a aprender com o comportamento do usuário e oferecer recomendações altamente personalizadas. Isso melhora a experiência do usuário em plataformas de streaming, e-commerce, redes sociais e outros serviços baseados em dados.

Deep dearning x machine learning: entenda a diferença

Apesar de serem conceitos que se complementam, machine learning e deep learning não são a mesma coisa. A diferença entre eles está na arquitetura e na complexidade dos algoritmos utilizados.

O machine learning abrange um conjunto mais amplo de técnicas que ensinam máquinas a aprender com dados e tomar decisões com base nessas informações.

Já o deep learning é uma subárea específica que refina a técnica de ensino, utilizando redes neurais artificiais com múltiplas camadas para aprender representações complexas dos dados. Dessa forma, possibilita o processamento de informações de forma mais eficiente.

pos graduacao | deep learning

Como esse conceito pode ser aplicado no dia a dia?

O conceito de deep learning está cada vez mais presente no nosso dia a dia, impulsionando avanços que vão da área da computação pura ao comércio, passando pelas tecnologias de educação e saúde. Vamos explorar algumas das aplicações mais comuns.

Reconhecimento facial

O deep learning é muito utilizado em reconhecimento facial, como em smartphones para desbloqueio seguro e identificação de pessoas em fotos. Isso permite que os dispositivos aprendam características faciais e reconheçam indivíduos com alta precisão.

Diagnósticos de saúde

Na área médica, é aplicado no diagnóstico de doenças por meio da análise de imagens de raios-x, ressonâncias magnéticas e tomografias. Essa tecnologia pode ajudar os profissionais de saúde a detectar e diagnosticar condições de forma mais rápida e precisa.

Tradutores automáticos

Em aplicativos e serviços de tradução automática, como o Google Translate, o deep learning é fundamental para entender padrões linguísticos e melhorar a qualidade das traduções. Isso facilita a comunicação entre pessoas que falam diferentes idiomas.

Filtros de spam

Em serviços de e-mail e mensagens, o deep learning é usado para identificar e filtrar mensagens indesejadas, como spam e phishing. Dessa forma, consegue melhorar a eficiência e a segurança das comunicações eletrônicas.

Previsão do tempo

No campo da meteorologia, o conceito é aplicado para processar grandes volumes de dados climáticos e fazer previsões mais precisas sobre o tempo. Isso auxilia as pessoas a se prepararem para mudanças nas condições meteorológicas.

Assistente virtual

Assistentes virtuais como Siri(Apple) e Alexa (Amazon) são possíveis graças ao deep learning. Essas inteligências artificiais aprendem com nossas interações e com o ambiente para fornecer respostas e realizar tarefas de forma cada vez mais natural e útil.

Como você pôde ver, o deep learning está presente em diversas áreas da tecnologia, desempenhando um importante papel no desenvolvimento de novos recursos que facilitam nosso dia a dia, seja no âmbito pessoal e até mesmo no mercado de trabalho.

E aí, gostou do post? Caso ele tenha te inspirado a ingressar na área de TI, acesso nosso conteúdo sobre as principais graduações em Tecnologia oferecidas pela UNINASSAU, escolha a que mais combina com o seu perfil e comece hoje mesmo sua caminhada rumo ao sucesso profissional!



Quer receber mais conteúdos brilhantes como esse de graça?

Inscreva-se para receber nossos conteúdos por email e participe da comunidade